Notícias

Atividade do Curso Técnico em Meio Ambiente

A análise da composição gravimétrica dos resíduos sólidos urbanos em um município permite avaliar a origem e a geração desses resíduos, fornecendo subsídios para avaliação da eficiência do sistema de gerenciamento de resíduos em vigor e subsidio para a elaboração do projeto de destinação final dos resíduos, atividade relacionada à atuação profissional de um Técnico em Meio Ambiente.

Neste contexto a coordenação de curso e professores acreditam ser de grande valia o ensino de atividades profissionais quotidianas, pensando na excelência da formação do profissional. A Composição gravimétrica dos resíduos é a razão entre o peso – expressa em percentual de cada componente – e peso total de resíduos. A determinação da composição gravimétrica dos resíduos é um dado essencial a ser obtido. No caso dos resíduos de origem domiciliar e comercial, normalmente dispostos em aterros, os componentes comumente discriminados na composição gravimétrica são: matéria orgânica putrescível, metais ferrosos, metais não ferrosos, papel, papelão, plásticos, trapos, vidro, borracha, couro, madeira, entre outros.

Para aula prática do Curso Técnico em Meio Ambiente, utilizou-se o método de quarteamento estabelecido pela NBR 10007/2004, em que foram amostrados resíduos provenientes das lixeiras no Colégio Estadual Barbosa Ferraz e após passar pelo processo de quarteamento, originou uma amostra na qual foram realizada a separação dos diferentes tipos de resíduos existentes, em seguida os alunos realizaram cálculos estatísticos para determinação do percentual de cada resíduo.


© Colégio Estadual Babosa Ferraz - Todos os direitos reservados